ATENÇÃO! Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.
Dados do Livro
Biografia Do Ie Ie
Desconto
23.00 €
18.40 €
Titulo:

BIOGRAFIA DO IE IE

Editora:
Coleção:
ISBN:
Tema:

A geração IÉ-IÉ tinha estilo, grande auto-estima, era muito vulnerável ao apelo de ideias novas, revolucionárias até, e, claro, muito sensível e atraída pela liberdade de escolha e de expressão. Lembro-me do cheiro do vinil, do Valentim de Carvalho, das capas dos EP e LP, do Salut Les Copains, do desespero que vivi quando o meu primeiro 78 rotações do Bill Halley, que ainda cheguei a ouvir numa reles grafonola, se partiu em cacos. Das festas e reuniões, dos namoros, da animação e do divertimento espontâneo e saudável, tudo isso com a «nossa» música como pano de fundo e elemento aglutinador. [Luís de Freitas Branco]

Luís Pinheiro de Almeida [Coimbra, 1947], licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, e é jornalista profissional desde 1973. Foi Director-adjunto de Informação da Agência Lusa. No que à música diz respeito, é fundador do jornal Blitz (1984), co-autor de Enciclopédia da Música Ligeira Portuguesa (Círculo de Leitores, 1998, esgotado) e Beatles em Portugal (Documenta, 2012). É autor e/ou co-autor dos programas de rádio Amigos de Alex (1985-1995) e Ob-La-Di Ob-La-Da (1988-1991), nomeados para Sete de Ouro, Há Horas Felizes (1991-1993), todos na RFM, Mensageiro da Moita (2000-2004), na Rádio Voxx, e VivaMúsica (1985-1989), na RTP. Fez parte do júri do Festival RTP da Canção em 1988, e foi director da agência de notícias da EXPO-98 e director do portal de Cultura NetParque (2000-2002). Coordenou diversas colectâneas de música, entre as quais Biografia do Pop/Rock (Movieplay, 1997), All You Need Is Lisboa, com versões portuguesas de canções dos Beatles (EMI, 2004), Óculos de Sol, Vozes da Rádio, Melodias Para Sempre, Volta a Portugal e Love Me Do sobre os 50 anos dos Beatles (todas em iPlay, 2010 a 2013). Comprou o seu primeiro disco de música ié-ié portuguesa em Coimbra no dia 20 de Julho de 1964, um EP instrumental dos Titãs com uma versão de «Menino de Oiro», de José Afonso.

Responsive image

Responsive image
Newsletter
As promoções indicadas são exclusivas para o site e válidas para o dia 12 de julho de 2020 salvo indicação contrária
© 2020 LIVAPOLO.